cnas-Rozana Fonseca

Esse período de transição de governos municipais é um ótimo momento para pegar essa normativa ( Nova NOB-SUAS CNAS, ler, reler, estudar e analisar o quanto os Munícios e Estados estão distantes do que é pactuado com o Governo Federal (não excluindo a necessidade de aperfeiçoamento deste). Entendo que só é possível qualificar os serviços, Projetos e Programas da Proteção Social unindo Gestão com trabalho técnico. Para isso acontecer, o gestor Municipal, o Secretário de Assistência Social, o Secretário de Planejamento, Finanças, os técnicos, enfim, todos devem se apropriar do que é o SUAS e o que é indispensável, qual infraestrutura mínima  para um funcionamento adequado das unidades da Proteção Social.

É só para saber que não estamos adequados? de nada vai adiantar…

Sabemos dos problemas e das tentativas de acerto de vários Municípios, mas ler, se inteirar da NOB-SUAS não resolverá os entraves (estruturais, logísticos, recursos humanos, orçamento, planejamento…) que perpassam a oferta dos serviços, mas com certeza, indicará quais os caminhos percorrer e quais ferramentas têm, falta e ou terão que ser construídas juntos com as demais instâncias responsáveis pela Política Pública e claro, junto com a sociedade, com as famílias às quais são destinadas os serviços e programas. Este, um dos maiores desafios da Política  Nacional de Assistência Social – assim como de outras políticas públicas.

Concluindo, ressalto a importância e necessidade de encurtarmos a distância entre o que é preconizado pela PNAS  – LOAS, do que temos/fazemos na prática!

Para Baixar o documento acesse Nova NOB-SUAS CNAS

ou neste link http://www.mds.gov.br/cnas/noticias/publicada-hoje-a-nova-norma-operacional-basica-nob-suas-2012

Anúncios