Criado em fevereiro de 2010, o blog CRASpsicologia surgiu da ideia de apresentar uma alternativa para suprir lacunas de informações sobre a atuação do psicólogo no CRAS. Assim, ao longo destes dois anos, nossas discussões ateram-se, primordialmente, ao papel do psicólogo na proteção básica. Durante este período podemos perceber que o Blog tornou-se uma importante ferramenta de divulgação do papel e da importância da psicologia neste serviço, bem como ponto de referência para discussão sobre a atuação do psicólogo neste processo.

 A psicologia está presente nas políticas públicas de assistência social nos dois níveis de Proteção Social, Básica e Especial – recentemente a Resolução nº 17, 20 de Junho de 2011 do CNAS garantiu, de fato, nossa categoria como integrante da equipe de referência.

 Assim, é clara a necessidade de expandir a discussão para os profissionais que atuam na Proteção Social Especial (média e alta complexidade). Enfim, identificamos que este espaço deveria contemplar o papel dos psicólogos nos vários serviços socioassistenciais do SUAS, inclusive, abrindo caminho para as outras vertentes de sua organização: a vigilância social e defesa social e institucional.

 Sabemos que o blog ainda não atingiu todas as expectativas iniciais quanto a discussão e troca de experiências referente ao CRAS, mas por que fragmentar essa discussão? Nossa atuação é de extrema relevância nos serviços do SUAS ao firmarmos nosso compromisso com o social, e sabemos que muito está por ser conquistado e construído.

 Portanto, lançamos este desafio, e esperamos continuar contando com a participação dos diversos profissionais que fazem os serviços do SUAS acontecer na prática, nas diferentes regiões do Brasil. De fato, este era um dos objetivos quanto o blog foi criado, o que pode ser conferido AQUI e nas postagens mais gerais sobre políticas públicas.

 O Blog é para psicólogos e para todas as categorias profissionais que desejam participar deste processo do “fazer” e serem reconhecidos como executores de uma política, mas que, sobretudo, sejam consideradas peças imprescindíveis na construção de novos paradigmas para romper os equívocos e atravessamentos institucional, organizacional, social e de gestão que tanto dificultam o trabalho social e claro, nossa atuação.

 Enfim, bem-vindos ao Psicologia no SUAS: a práxis da psicologia nos serviços socioassistenciais.

 O que vocês têm a dizer sobre essa mudança?  Espero seus comentários com opiniões, sugestões, críticas e manifestações que possam contribuir com nossa atuação no SUAS!!

 P.s: Por enquanto o endereço continuará https://craspsicologia.wordpress.com/

Encontre-nos no facebook: https://www.facebook.com/PsicologianoSUAS

Um abraço de agradecimento pela companhia de vocês nestes 2 anos de Blog!

Rozana Fonseca

Anúncios