96 Comentários

Atividades CRAS Eunápolis


Antes de começar a publicar minhas colocações acerca do trabalho psi nos CRAS (objetivo principal deste blog), vou publicar as atividades desenvolvidas no CRAS Eunápolis. O objetivo é dividir com os profissionais que atuam nos CRAS as experiências, para partirmos para discussões, como: quais atividades são comuns; como e por quem são conduzidas, quais metodologias utilizadas, dificuldades/dúvidas encontradas, perfil público atendido, demandas, resultados alcançados, etc.

( Vou publicar aos poucos e fazer os ajustes na forma de publicar conforme avaliação posterior e após comentários dos mediadores, caso fique confuso o acesso)

O CRAS Moisés Reis funciona de Segunda a Sexta-Feira das 08:00 às 12:00 e das 13:00 às 17:00.

O CRAS Moisés Reis tem as seguintes atividades constantes:

Grupo Idosos – Trocando Saberes ( grupo de convivência) e Grupo Idosos CAAC

O grupo de idosos no CRAS moisés Reis tem um encontro semanal, e o grupo do CAAC funciona duas vezes por semana. Os grupos têm carater de convivência e socioeducativo. As atividades são palestras interativas ( com técnicas do CRAS e profissionais de outras áreas); dinâmicas de grupo para se trabalhar temas sugeridos e demandos; atividades físicas, entre outras. A metodologia utilizada no trabalho com o grupo, especificamente com o Trocando Saberes, é a de grupo operativos de Pichon Rivière.

veja algumas fotos:

Início da atividade Colcha de Retalhos

Grupo Trocando Saberes – atividade “colcha de Retalho” onde foi trabalhado o Resgate das histórias de vida, a troca e a valorização das experiências vividas. Teve duração de 3 meses

Neste grupo de convivência temos a atividade: aniversariantes do mês – Esta atividade acontece mensalmente. O dinheiro para fazer o bolo é arrecadado de forma voluntária entre os participantes. Eles contribuem com valores variados, de acordo com o que cada um pode contribuir naquele mês. O bolo também é feito por elas (e), é feito um rodízio entre o grupo.

Grupo Idosos CAAC – Atividade Coral Vô e vó

O Coral funciona às Quartas-feiras e é ministrado pela psicóloga Michele

 

Curta a nossa Fan Page : facebook.com/PsicologianoSUAS

e veja o perfil do facebook.com/CRASIEunapolis

About these ads

Navegação de Comentários

← Comentários mais antigos

96 comentários em “Atividades CRAS Eunápolis

  1. Oi Rozana!Estou como Pedagoga no CRAS,e estou trabalhando com grupos de crianças,e estamos planejando com as mães desses grupos,gostaria de sugestões de atividades para esse novo grupo. Parabéns mais uma vez por nos proporcionar tantas informações valiosas.Abraço.

    Curtir

  2. Parabéns! adorei o seu trabalho, vou usar a atividade da colcha de retalhos que é maravailhosa…… tudo de bom!

    Curtir

  3. Amei o trabalho desenvolvido com os idosos. Não trabalho no CRAS, mas numa Unidade Básica de Saúde e também trabalhamos com um grupo de idosos, as vezes falta criatividade, mas essa ideia da colcha é realmente incrível de boa. Vou usar em nosso grupo também. Parabéns!!! Abç

    Curtir

  4. Boa noite rozana! em primeiro lugar gostaria de parabénizar pela belissima divulgação e seu trabalho.
    Sou A.S de um Centro de Referência de Assistência Social em um Município da Bahia.
    Estou com um grupos de convivência(mulhers) .Gostaria de sugestões para trabalhar com elas já que muitas não sabem ler e nem escrever e são moradoras da Zona Rural e estou iniciando um grupo de idoso gostaria de algumas sugestão. Se possivel o projeto colcha de retalho.
    Gostaria de algumas dicas de livros do Assitente Social no CRAS.
    Gostaria de mantermos contato meu email é monny_bdo@hotmail.com.

    dese de já deixo o meu agradecimento

    Um abaraço

    Simone

    Curtir

  5. Olá rozana meu nome também é Rozana com Z voce está sendo a segunda pessoa que conheço que o nome tambem é com Z, e fico feliz,estou terminando a graduação de psicologia e meu grande desejo é trabalhar com idosos, e vejo na minha comunidade o abandono dos mesmo gostaria se voce tiver algum projeto com idosos me envie eu tenho uma chácara no qual eu gostaria de utiliza-la em beneficio desse trabalho com idosos . meu e-mail e: rozanapsy@hotmail.com, desde já agradeço por estar colaborando com meu sonho. Abraço e que Deus te ilumine sempre.

    Curtir

    • Oi Rozana!!! que engraçado… meus professores me chamavam de Rozana com Z! muito legal, mas é triste toda vez que dizer o nome ter que falar como escreve, nê? e quando nosso nome é escrito com “S’ não nos reconhecemos mesmo!! rsrs Por ora eu não tenho projeto específico para idosos, mas como vou atualizar o Post das atividades do CRAS Eunápolis, talvez lhe ajude com algumas ideias, ok? mas será publicado na primeira quinzena de Novembro [ estou com muito trabalho, espero que compreenda]
      Bom, vamos nos falando e caso tenha alguma dúvida específica pode perguntar que vejo se posso ajudar com algumas sugestões!
      um grande abraço e foi muito bom o nosso contato!

      Curtir

  6. Parabéns pela iniciativa de criar um espaço de discussão!
    Sou psicóloga e estou trabalhando num CRAS no Tocantins.
    Vou adaptar o seu trabalho com os idosos e aplicar aqui.
    Queria saber das demais colegas, se elas aplicaram este projeto do idoso e como foi.

    Curtir

  7. Olá Rozana, eu trabalho como estagiaria no CRAs Norte de Caçador-SC, e gostaria de saber como você desenvolveu a Colcha De Retalhos com o grupo, meu grupo é de idosas e faz tempo que quero desenvolver essa atividade, mas não sei como. Poderia me ajudar…

    Att: Cindy

    Curtir

    • Cindimary, a atividade era realizada semanalmente e nos encontros levantamos a história-experiencias de vida de cada participante e depois era pedido que desenhassem livremente sobre o tema discutido. Ficamos nesta atividade por uns 3 meses, pois aproveitamos para propiciar espaços de troca de experiencias, usar dinâmicas, sem preocupação com a finalização-desenho – os tecidos foram cortados em Tam médios e no final, eles costuraram manualmente cada pedaço.
      Acho que é isso, vou procurar o planejamento das atividades no PC do trabalho e envio pra vc, mas por ora acho que já ajuda… depois nos conta como foi o trabalho! um bjo

      Curtir

      • Olá Rozana, primeiramente gostaria te da os parabéns pelo seu belo trabalho. E em seguinda pedir ajuda para executar umtrabalho com um grupos de Idosos do Cras no Pará. E achei muito bomeste do Colcha dos retalhos, ainda mas que estamos finalizando o ano. Comcerteza será perfeito. Gostaria muito que se vc pudesse me enviar esta atividade/planejamento para meu email kleiditeles@hotmail.com. Se possivel ate segunda.
        Desde já agradeço.

        Bom trabalho

        Curtir

        • Oi Kleidi, editei um pouco uma resposta anterior à leitora Cindimary, veja:
          A atividade era realizada semanalmente e nos encontros levantamos a história-experiencias de vida de cada participante e depois era pedido que desenhassem livremente sobre o tema discutido. Ficamos nesta atividade por uns 3 meses, pois aproveitamos para propiciar espaços de troca de experiencias, usar dinâmicas com temas diversos, sem preocupação com a finalização-desenho – os tecidos foram cortados em Tam médio e no final, eles costuraram manualmente cada pedaço.
          Espero ter ajudado um pouco!
          um abraço e depois lhe envio um e-mail!

          Curtir

  8. Parabéns pela iniciativa, nossa categoria necessita de uma constante relação de troca de informações e experiências, que você conseguiu organizar aqui no blog.
    Sou recém formada e provavelmente irei trabalhar no CRAS da minha cidade, passando a trabalhar com o grupo do Projovem, você teria algo para me ajudar a compreender melhor este trabalho?
    Desde já, muito obrigada!

    Curtir

  9. Desde já, Obrigada Rozana pela atenção.

    Curtir

  10. Olá Rozana, esqueci de deixar o meu email, segue ssilreis@hotmail.com.

    Curtir

    • Oi Silvanira, obrigada pela participação! mas infelizmente não tenho projeto de idosos para enviar! o que menciono aqui é uma atividade realizada em 2009 – a colcha de retalhos (pintura livre), onde fiz um resgate de historia de vida e valorização das experiencias de cada participante. Quando tiver algo lhe encamho! um abraço e participe sempre!

      Curtir

  11. Olá Rozana, primeiro parabéns pelo belo blog. Fantástica a sua iniciativa de cria-lo.
    Sou Assistente Social e irei começar um trabalho com um grupo de Idosos, e gostaria que vc se possível mandasse o projeto que fala no primeiro post para a tb colega Assistente Social Mileny, ficarei muito agradecida e desde já obrigada!
    Silvanira Reis.

    Curtir

  12. Olá Rozana sou assistente social, e estou lendo varias informações sobre o CRAS, pois estou para assumir um concurso onde atuarei em uma CRAS, estou procurar ter uma bagagem boa, para desenvolver um bom trabalho, e seu blog esta sendo de grande ajuda, gostara de receber o projeto do grupo de idosos e de mais que voce puder disponibilizar para mim assim construir projeto dentro da realidade do meu municio, meu e-mail é milenylima@hotmail.com. Grata desde já…excelente trabalho q você vem desenvolvendo com esse blog.

    Curtir

    • Obrigada Mileny! fico muito contente de receber visitas e participação também dos profissionais de diferentes áreas!!

      Acesse AQUI e AQUI o projeto RET: Recolher e Transformar. o de idosos está desatualizado, depois lhe envio.
      um abraço

      Curtir

  13. Ola! Comecei como pedagoga no CRAS essa semana,já me passaram várias atividades para fazer ao mesmo tempo. E falaram que a mais importante é uma dinâmica que tenho que fazer para os pais uma vez na semana meia hora na parte da noite e tem que ser sobre direitos humanos. Nessa parte fiquei confusa tem alguma dica? Por favor me responda.
    Obrigada.

    Curtir

    • Oi Ana,
      O profissional que compõe a equipe técnica de nível superior no CRAS, desenvolverá o PAIF, poderá ter técnico de referência para os Serviços de ConvivÊncia (crianças, adolescentes, idosos), se o CRAS oferta esses serviços e propoe novos serviços, também poderá ser desenvolvido pelo técnico de referência. Por quais profissionais é composta sua equipe?
      Assim, o profissional formado em pedagogia poderá desenvolver várias atividades ligadas ao PAIF e SCFV, atuando conjuntamente com psicólogas e assitentes socias. E o planejamento do que será trabalhado numa atividade coletiva deve ser planejada pela equipe e você não precisa receber O QUE FAZER Já PRONTO – porque tem que ser sobre esse assunto? os participantes serão os mesmos?
      Sugiro a leitura de de uma Resolução sobre a composição da equipe SUAS: clique AQUI e AQUI
      Aguardamos seu retorno!

      Curtir

      • Olá, Rosana!
        Fiquei muito feliz com seu blog, pois está me ajudando muito, pois sou pedagoga e estou trabalhando em um Cras.Estou preocupada pois não tenho experiência nenhuma em trabalhar em Cras.O que me deixa menos preocupada é que fui sincera com a equipe que não tenho a menor idéia como irei desenvolver esse trabalho. Estou muito curiosa em saber. As vezes ouço a equipe falar que vão planejar … Eu fico me perguntando se ísso não é comigo.Eu estou com muita sede de aprender. Por favor Rosana me ajude, em termos de sugestões de como trabalhar nos grupos.
        Um abraço!
        Att. Cida

        Curtir

  14. Olá,

    Sou psicóloga recém formada, acabo de assumir o CRAS de minha cidade…ainda tenho diversas dúvidas sobre o trabalho com grupos “não terapêuticos” e o blog está me ajudando muito. Ví alguns comentários anteriores de outras colegas da área psi…e gostaria de tomar a liberdade de te pedir para ver seu projeto com idosos…muito obrigada!!!

    Parabéns Rosana

    Curtir

  15. Oi rozana queria da sua ajuda como estou trabalhando no cras, quais as tarefas que são de atribuiçao do psicólogo? e ele tem que fazer parecer? qual o modelo.
    ah também gostaria que vc me enviasse a novo formulario do cras

    Curtir

  16. Gizeli, sou Psicóloga e atuo atualmente no CRAS. Estou angustiada pq onde trabalho tem algumas oficinas onde os participantes aprendem varias coisas, pintura, arte c folha de coqueiro, choche, arte em laje (que é o principal da regiao), corte e costura, cabelereiro, dentre outras… Entretanto, apesar de ser nova la, percebo que as pessoas saem de la e me parecem q nao sabem utilizar isso como fonte de renda, fazem so ali no momento da oficina e depois o curso acaba e fica por isso mesmo. Existem uma grande quantidade de materiais feito por eles armazenado no almoxarifado q seria pra realizacao de uma feirinha pela equipe antiga do CRAS, mas até hje nao aconteceu… Sinto-me na obrigação de fazer alguma coisa para que o trabalho e a arte nao sejam apenas por fazer, mas sim, para q possam trazer alguma renda p essas pessoas. Estou realmente apelando, preciso de ajuda pq estou meio perdida, mas quero mto poder fazer alguma coisa, preciso ver a coisa andar…

    Algum material q possa me ajudar?

    Curtir

    • Oi Gizeli!

      Tenho várias indagações acerca dessa questão de oficinas manuais nos CRAS. As oficinas acontecem isoladas das ações e não apresentam objetivos e resultados satisfatórios. o pior tampona a oferta do PAIF e vira cartão de vista dos CRAS! mas isso é assunto para depois… é bem longo!
      Aliás, seu relato exemplica o que acabei de escrever, não?
      Bom, se tem os materiais produzidos, que tal reunir os usuários autores, familiares e realiza uma ” oficina de Talento” já fizemos esse evento aqui (com outro contexto) mas pode dar um fechamento nessa situação.
      espero que volte para nos relatar como resolveram essa questão!!
      um abço

      Curtir

  17. olá! meu nome é Angela adorei as atividades que vc desenvolve como os idosos. terminei minha graduação agora e estou trabalhando no CRAS, gostaria que vc me ajudasse com algumas dicas para trabalhar com grupos de jovens e mulheres. desde já agradeço a compreensão.

    Curtir

  18. OLA ROSANA SOU EDUCADORA NO CRAS EM CAMPO GRANDE GOSTARIA DE MODELOS DE PLANEJAMENTOS PARA ADOLESCENTES DE FACHETORIA 11A14ANOS ESTOU ATUANDO NESSA AREA E NÃO SEI FAZER PLANEJAMENTO GORTO DE MEXER COM ESSA AREA AMO MUITO MEU TRABALHO E GOSTARIA DE POR NO PAPEL O QUE FAÇO.BEIJO E MUITO OBRIGADO. ATE LOGO

    Curtir

  19. Olá Rozana!!!!!!
    Fiquei muito feliz com o bolg, sou Assistente Social em um CRAS no interior do Rio Grande do Sul. Faço atendimentos, visitas domiciliares e todos os grupos de convivência e geração de renda que acontecem na instituição são de minha responsabilidade. Concluí minha graduação há menos de um ano, então gostaria muito que vc me mandasse algumas ideias e projetos para que eu pudesse desenvolver no meu CRAS. Desde já agradeço a atenção e a iniciativa de compartilhar conhecimentos. Estou a disposição para contribuir com vc. Email para contato vani.fortes@hotmail.com beijosssss e cada vez mais sucesso!!!!

    Curtir

  20. Olá sou psicologa, estou atuando no CRAS de Esperantina em Tocantins, gostaria que se fosse possivel, me enviasse alguns projetos para trabalhos com idosos ou gestantes, pois estamos iniciando esses trabalhosem nosso municipio, e como percebi voce ajuda outras pessoas a desenvolverem as atividades do CRAS, desde já agradeço, abraços e continue ajudando com seu trabalho e experiencias.

    Curtir

  21. Rozana…fiquei muito feliz pelo seu retorno, me enviando seu projeto!!!Muito obrigada pela sua atenção.Abraços

    Curtir

  22. OLÁ,
    É UMA GRANDE SATISFAÇÃO ENTRAR EM CONTATO COM VC, ROZANA. POIS TROCAR IDÉIAS É SEMPRE BOM, E ESSA SUA INICIATIVA CAUSOU UMA REVOLUÇÃO, MARAVILHA!!!!!!! PARABÉNS!!!!!! SOU ASSISTENTE SOCIAL DO CRAS DE PQ PORTE DA CIDADE DE BARROQUINHA-CE, E AMEI ESSE PROJETO Q VCS REALIZARAM COM OS IDOSOS DA COLCHA DE RETALHOS, SE POSSÍVEL EU GOSTARIA DO MODELO, E DE OUTROS TB, PARA Q EU PUDESSE DESENVOLVER COM AS FAMÍLIAS DE REFERÊNCIA DO CRAS, ME AJUDARIA BASTANTE. DE JÁ AGRADEÇO E GOSTARIA DE TROCAR FIGURINHAS COM VC E OUTRAS COLEGAS. OBRIGADA ( MEU EMAIL: lyssis@bol.com.br

    Curtir

    • Oi Francisca, já nos falamos na página no Facebook, https://www.facebook.com/#!/CRASpsicologia não foi? Muito bom trocar informações com as. sociais tb!!
      Quanto a Colcha de Retalhos, não tenho um projeto específico, pois foi uma metodologia utilizada num grupo de convivência, para facilitar o trabalho que tinha como objetivo o resgate e valorização da história de vida dos participantes! onde eles pintavam livremente sobre um tema do encontro, ex.: família (ciclos do desenvolvimento) a relação com a falta de escolaridade – a maioria não é alfabetiza, então o objetivo foi trabalhar o sentido que eles deram e davam a essa situação, o que por vez os impediam de verbalizar suas demandas ao acessar os diversos serviços públicos, ou privados… o resultado foi muito positivo e tivemos uma adesão muito significativa!
      um abço

      Curtir

  23. Olá! Boa tarde.
    Estou formada a um ano e estou tendo minha primeira experiência profissinal em um CRAS na cidade de Parauapebas – Pa. Estamos tendo dificuldades para iniciar o grupo com idosos. Ja tentamos fazer busca ativa pela lista de beneficiários do BPC mais não tivemos êxito. Estamos iniciando uma nova busca ativa, mais os idosos são bastante resistentes quanto a participarem do grupo devido muitos ainda participarem muito ativamente na dinâmica familiar como cuidados com crianças, tarefas domésticas entre outros. Gostaria que me ajudassem com idéias para iniciar o grupo. email feliciaguimaraes@yahoo.com.br

    Curtir

    • Felícia,
      A resposta anterior para a nossa colega Janaina, pode ajudar um pouco. Ela traz a mesma questão!
      fica dificil de comentar, porque não sei do contexto da unidade onde vc trabalha, a extensão territorial; como é o acesso ao transporte, o CRAS tem pouca divulgação e publicidade no território?….esses fatores contribuiem bastante para travar as ativiadades. E a FERRAMENTA CHAVE, busca ativa, deve ser assertiva ao máximo, pois é o momento de produzir, provocar um interesse no idoso, ele precisa de um sentido pra se deslocar e mudar sua rotina! e claro, sempre terá aqueles não interessados, e eles têm todo o direito de não querer participar!
      bom trablho e nos conte como está o grupo!

      Curtir

  24. Oi Rosana,
    Sou formada ha 11 anos e a 4 meses estou no CRAS e AMANDO tudo isso!!!!
    è uma psicologia em que sempre acreditei…
    Quero saber mais sobre suas atividades no CRAS.Faz grupos? com mães ?
    pais ?framília???faz visita com a assistente social ???me conte como e seu trabalho la
    Obrigada!!

    Curtir

  25. Parabéns por divulgar suas experiências, pois há uma dificuldade imensa em sabermos se estamos fazendo as atividades de maneira correta. Ainda que tenhamos uma faculdade precisamos de vivenciar e discutir com outros profissionais da área.

    Bárbara Carvalho
    Psicóloga – Cras – Ilha dos Mineiros – São Francisco de Itabapoana – Rio de Janeiro

    Curtir

  26. sou recem formada em serviço social e estou trabalhando em um cras em um municipio.preciso de dicas de como formar o grupo de convivencia de idosos,por favor me ajude.o meu email e nubiabandeira1@hotmail.com

    Curtir

  27. sou recem formada em serviço social e estou trabalhando em um cras em um municipio.preciso de dicas de como formar o grupo de convivencia de idosos,por favor me ajude.o meu email e nubiabandeira1@hotmail.com

    Curtir

  28. Boa tarde; estou trabalhando no CRAS da minha cidade e como é uma experiência nova, gostaria de alguma sugetsões e indicações de dinâmicas e jogos para grupo da 3ª idade, adolescentes. Vi a dinãmica colcha de retalhos e me interesei bastante por ela. Você pode me falar onde consigo informações sobre essa dinâmica, tais como, material, objetivos,proposta da dinâmica, etc. Aguardo retorno.
    Meu email é carol0780@yahoo.com.br

    Curtir

  29. Olá,
    Sou estagiária do Cras e começamos a fazer a busca ativa nesta semana e gostaria de receber algumas ideias de trabalhos com idosos o que fazer, como fazer, principalmente porque temos uma senhora com um probelma de locomoção e queria umaas sugestões pois tenho que levar uma ideia nesta quinta dia 04/08! esperoq ue possa me ajudar! Obrigada!

    Curtir

  30. Boom dia sou estagiarai do Cras e começamso a fazer uma busca ativa nesta semana queria que me sugerisse ideias de trabalho com idosos, o que fazer como trabalhar porque infelizmente o tempo é curto para fazeermos leituras extensas uma vez que preciso levar um projeto nesta quinta dia 04/02 Por favor me ajude!! Muito obrigada!

    Curtir

  31. Olá!!
    Sou técnica de nível médio do cras de um município pequeno, estou aqui a mais ou menos 4 meses e estamos com um grupo de convivência de idosos que esta começando agora, estamos precisando de ideias novas para continuar com esse grupo, levando em conta que alguns idosos não tem como se locomover facilmente, temos uma que é deficiente visual e estamos encontrando algumas dificuldades para encontrar atividades que todos podem participar.
    Obrigada desde já!!

    Curtir

    • Oi,
      Sugiro o livro : DINÂMICAS PARA IDOSOS – 125 JOGOS E BRINCADEIRAS ADAPTADOS de NOEME CRISTINA CARVALHO.
      Além das dinâmicas, a autora faz breves e simples considerações acerca do trabalho com pessoas idosas. e o legal, com um acervo de músicas!

      Curtir

  32. Olá, trabalho a pouco tempo no CRAS da minha cidade. Uma das pessoas da equipe sugeriu que fosse montado um bazar dentro do prédio do CRAS para angariar fundos com a finalidade de manter algumas oficinas e oferecer lanche para os usuários. Porém ficou a duvida se esse tipo de atividade é permitida, por se tratar de um órgão publico. Por favor tire as nossas dúvidas.
    Obrigada
    Patricia

    Curtir

    • Oi Patrícia,
      Bom, até o onde sei, o CRAS não deve ser um local para comercializar produtos. os produtos seriam frutos de doações?
      os serviços ofertados no CRAS devem e são custeados pelo (Federal, Estadual, ou em alguns casos, só pelo município) Quanto aos lanches, se não tem custeio, poderia combinar com os participantes: cada um levaria um lanche, ou se preferissem cada um contribuiriam com um valor e assim seria feito no CRAS. Não vejo problema nisso. o espaço pode ser de participação e de convivência.
      Resumindo: não sei rsrs
      um abç e continue participando ]
      ah, não se esqueça de dizer como vcs solucionaram essa questão!!

      Curtir

    • Olá, respondendo sua pergunta, de acrdo com a tipificação dos serviços esta não é atividade de CRAS., o CRAS além de ser um equipamento de proteção básica , é um ambiente de acolhida e não de obtenção de lucros, seja qual for a atividade. As familias até podem ser trabalhadas em oficinas no CRAS, mas não com esse fim.Quanto aos recursos, estes são repassados pelo distrito ou estado com a contra-partida do município, estes devem ser gastos esxclusivamente com custeio de atividades (inclui lanches), bem como com pagamentos de profissionais.O município deve arcar com as outras despesas, se não o faz, ta na hora de cobrar, tente buscarr no site do mds maiores informações p vc ter argumentos para cobrar.Aqui onde trabalho, qdo tem este tipo de oficina, os proprios participantes ficam com os produtos como forma de incentivo…

      Curtir

  33. oi boa noite!!! atuo no CRAS de PIraju, no entanto sinto dificuldades
    para atuar com os beneficiários do BPC, pois montamos estratégias no entanto o grupo dirigido para eles, não surte o efeito desejado, assim pergunto como agir?? ideias!!
    outro ponto o trabalho com crianças de 0 a 6 anos, não é
    uma dificuldade sentida apenas no meu municipio mas sim em outros também!!!
    em virtude que estas crianças estão na creche e os pais trabalhando
    como agir???

    Curtir

    • Elaine,
      Bom, mesmo que os resultados das ações, por ora, não correpondem às expectativas, indicam que algo deve ser repensando e novas estratégias elaboradas. Acredito que isso seja mutio rico (trabalhoso, mas é isso que deve nos movimentar e repensar as ações cobradas pelo MDS, Secretarias etc. Bem, Não sei como vocês iniciaram o trabalho… aqui vamos iniciar!!! estamos na fase de saber quem são os usuários e onde estão!
      Quanto ao grupo com crianças, você diz a respeito de montar grupos? porque quanto a referência das famílias pode ser feita com parceria com a creche. E se não apresenta demanda para atividades com crianças, não vejo necessidade de focar nessa questão. Mas me vem a outra possibilidade tão falada nos serviços prestados nos CRAS, que CRAS ajuste o horário de funcionamento ao das famílias, o que poderia pensar trabalhar semanal, quinzenal ou mensalmente com essas famílias/crianças.
      A realidade no meu Município é falta de creche, muitos pais sem emprego. Crianças e adolescentes com dificuldades em permanecer na escola.
      Sei que não ajudei, mas se puder escreva mais sobre o funcionamento dos grupos BPC e do trabalho pensado com as crianças
      obrigada!

      Curtir

  34. Olá Rozana!
    Adorei o blog e parabéns pelo teu trabalho.
    Tbm trabalho no CRAS, mas gostaria de saber se os
    grupos que vcs trabalham são contínuos, ou tem determinando tempo de duração?

    Abraços

    Curtir

    • Oi Tatiana, obrigada!
      bom, esta é uma questão delicada, veja: o grupo de idosos – há uns 3 anos chamado coral vô e vó – já existe há 20 anos! a média de permanência da maioria dos participantes no grupo é de 15 anos. Assim, o grupo ainda não funciona segundo as diretrizes do PAIF. um outro grupo de idosos que funciona na unidade CRAS é recente, mas já percebemos que os participantes usam os encontros (semanais) para ter contato social e ter a chance de sair um pouco de casa! estamos construindo uma saída para que o grupo nao se torne permanente, o primeiro passo foi ouví-los e detectar o que eles ainda esperaravam com os encontros, estamos trabalhando nisso e posteriormente faremos encontros quinzenais e após avaliar, veremos que direção tomar.
      bom, acho que isso… espero suas colocações p/ pensarmos mais sobre isso
      um abraço

      Curtir

  35. Olá!
    Sou Assistente Social de um Cras- porte pequeno. Gostaria de saber se o grupo de idosos são de convivência ou se vcês tem o de acompanhamento e inserção dos beneficiários do BPC.Quais profissionais trabalham neste grupo.
    Obrigado

    Curtir

    • Oi Ingle,
      O grupo é de convivência. Uma técnica é a referência para o grupo, mas atualmente, (com a equipe mais completa) a elaboração do cronograma das atividades é realizada pelas tecnicas assist. social psi e agente social, e com os usuários.
      Quanto aos benefiários do BPC ainda estamos montando estratégias para montar atividades.
      Qual é sua cidade?
      abraços

      Curtir

  36. olá Rozana, tude bem?

    Estou com dois grupos de convivência(idosas) um com 40 pessoas e o outro com quase 60.Gostaria de sugestões para trabalhar com elas já que muitas não sabem ler e nem escrever.
    Um abraço

    Curtir

    • Luciana,

      Bem-vinda!
      Essa é realmente uma questão dificíl! com a qual já me deparei também.
      No início fiquei sem norte e até tentei dialogar com uma pedagoga, mas logo reparei que eu queria adequar os participantes às minhas técnicas, como um exemplo simples: dinâmicas. Assim tratei de pensar esse grupo na sua especificidade e fiz como material de intervenção até a própria condição de não alfabetizados. Ou seja, nos primeiros encontros foi trabalhado os anseios acerca da alfabetização e como suas gerações lidaram e lidam com a educação.
      Assim, uma metodologia básica e eficaz é tratar de temáticas em conversa de roda; trovas populares; assuntos através de pintura em tecido ( alguns nunca pegaram num pincel). O diferencial é como o profissional irá abordar essas pessoas, no sentido de desconstruir o sentimento de menos valia que muitos sentem devido não ser alfabetizados.
      Bom, espero ter contribuído! e tomara que mais colegas entrem na discussão – gostaria que você deixasse mais dados do grupo. Como duração, tempo
      um abraço!

      Curtir

  37. ola boa noite adorei o bolg, bem trabalho no cras de pequeno porte e sou recem formada, gostaria de ajuda pra formar um grupo com crianças pode me ajudar?

    Curtir

    • Lea,
      Você pode nos dizer qual a faixa etária das crianças? antes de elaborar o grupo, você deve ter em mente se é o PAIF ou se será um SCFV – Serviço de convivencia e Fortalecimento de vínculos. Pois este é ofertado no CRAS apenas se estiver espaço e equipe suficiente. ver caderno de orientações para SCFV elaborado pelo MDS.
      Grupos podem ser montados como estratégias de intervenção, assim terão um tempo determinado de duração.
      Vou aguardar suas colocações para continuarmos a discussão… ok? como e por quem é composta a sua equipe?

      Curtir

  38. Boa Noite,Rosana,sou psicologa formada a pouco tempo,moro na cidade de Pelotas e gostaria de fazer
    este trabalho com idosos,formar um grupo com idosos utilizando algumas tecnicas semelhantes as suas,possuo um sitio no qual daria para fazer este trabalho juntamente com terapias ,qual o custo para formar e como poderia cobrar e se daria para utilizar o sistema de convenios.Agradeco desde já e Boa Noite .

    Curtir

    • Oi Mírian!
      Infelizmente não poderia lhe ajudar, pois como nosso trabalho é PAIF (CRAS) Política pública, executada por profissionais contratatos/concursados pela prefeitura! Assim não tenho idéia de valor e ressalto que esses trabalhos não tem sentido terapêutico!
      um abraço!

      Curtir

  39. Rozana, boa tarde!

    Trabalho em no municipio de pequeno porte no CRAS e gostaria d etrocar algumas idéias. Temo 06 grupos de idosos contemplando 330 pessoas, é um trabalho muito gratificante que exigem muita dedicação.

    Curtir

  40. Olá Rosana Fonseca! gostei muito de ver seus trabalho, sou gestora de um município de pequeno porte. Sairé-pe também tenho um grupo da melhor idade é bem interessante ver experiências de outros, essa troca nos enriquece. Por ex. estamos terminando um trabalho que fiz. com ele de construir sua própria HISTÓRIA, daí cada um deu seu e depoimento e vamos lançar o livro com o título. AUTOR DE SUA PRÓPRIA HISTÓRIA. Parabéns pelo seu trabalho.
    bjs!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Curtir

  41. olá Rozana,

    Parabéns pela iniciativa, a sua atitude é essencial para a prática dos novos profissionais.
    Sou psicóloga e trabalho no Cras, gostaria de sugestões de leitura sobre a atuação do profissional psi nos serviços de assistência social.

    Curtir

  42. Olá boa tarde Rozana!

    Sou Psicóloga atuo em CRAS e gostei da tua iniciativa de compartilhar conosco…PARABÈNS.
    desenvolvi o projeto “colcha de retalhos” também no grupo de idosas que acompanho e tantos outros, porém estou com dificuldades em desenvolver novas atividades, pois o gupo é fixo, então gostaria de ter conhecimento de outros trabalhos…

    obrigada!!

    Curtir

    • Elisângela,
      Obrigada pelo contato.
      Pois é, esse é um problema que aparece se não estabelecemos um cronograma de trabalho. Por exemplo, estabelecer por que o grupo?, quais objetivos? como avaliar e monitorar. com isso temos um norte: início/meio e fim!
      O grupo deve ser fixo apenas por um tempo, não é? Você tem um tempo estabelecido?
      Ainda vou postar as atividades aqui, só preciso de mais um tempinho, rsrsr
      um abraço e espero mais contatos

      Curtir

  43. [...] Atividades CRAS Eunápolis maio, 20109 comentários 4 [...]

    Curtir

  44. Olá Boa Tarde!

    Estamos iniciando os trabalhos no Centro de Referência de Assistência Social aqui no município de Miracatu/SP. e sem dúvida nenhuma vai nos servir de parâmetro todas as atividades desenvolvidas nesse CRAS.

    Parabéns pelo trabalho desenvolvido.

    Adão Barbosa
    Res. Ação Jovem

    Curtir

  45. Oi Franciele,
    Que ótimo, topo sim!
    Bjos

    Curtir

  46. Olá! Bom Dia!

    Trabalho no CRASII de Itaberaba, e gostaria de mantermos contato e trocarmos informções.

    Grata,

    Bjs

    Curtir

  47. Nossa, que trabalho lindo, dá até vontade de estar aí.
    Parabéns! Sou psicóloga do CRAS de Alvarenga MG, temos bons trabalhos aqui também, que depois estarei compartilhando com vocês!
    Abraços.

    Curtir

  48. gostei muito e bem legal aqui na mnha cidade tem um grupo de idoso no cras mais estao iniciando todas atividades agora continue organizando este grupo de idosos pois so assim eles vivem muito mais feliz abraço e beijos da francinete

    Curtir

  49. Oi Regiane,
    Conferi o site e gostei muito. Acho muito importante ter um meio para divulgar os trabalhos realizados! é fundamental!
    parabéns a todos!
    um abraço
    Obrigada pela mediação e continue participando!

    Curtir

  50. Ola,como foi bom ver os trabalhos com os vovôs e vovós,estão de parabens,sou de gaúcha do norte.coordenadora do CRAS.Quando poder da uma olhadinha no nosso site,para ver alguns trabalhos nossos,como o casamento comunitário deste ano foi maravilhoso.abrs
    http://www.gauchadonorte.mt.gov.br

    Curtir

Navegação de Comentários

← Comentários mais antigos

Deixe seu comentário, sugestão, dúvida, crítica...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Conselho Regional de Psicologia 16ª Região/ES

(27) 3324-2806 / crp16@crp16.org.br

{RCRISTO - Tecnologia e Informação}

Aqui você encontrará novidades sobre tecnologia, informática, filosofia, ciências e atualidades.

Cidadania & Cultura

Economia, Política, Sociedade, Comportamentos, Arte, Cinema, Livros, Música, Futebol, Humor e Internet

Palavras de Cinema

pensamentos e ideias sobre sétima arte, por um amante de longa data

OBSERVATÓRIO - CREPOP 03 BA

Conselho Regional de Psicologia BA

CNAS - Conselho Nacional de Assitência Social

CNAS - Conselho Nacional de Assistência Social

Ensaios de Gênero

Três garotos feministas ensaiando política, educação, feminismo e coisas do gênero...

Transdiciplinaridade na Escola

Blog sobre Transdisciplinaridade na Escola. Uma iniciativa do Portal do Professor.

Seminário FEMINISMOS E MASCULINIDADES:

PERCURSOS, PROPOSTAS E DESAFIOS PARA A EQUIDADE DE GÊNERO

Estúdio "A"

Encadernação Artesanal e Ideias

Professor de Sociologia

Educação Escolar e Social

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 8.546 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: